Entre Sombras e Solidão

No silêncio das noites, a solidão se aprofunda,
O coração anseia por amor, mas não se afunda,
Pois a misantropia tece teias de isolamento,
Afastando a esperança e alimentando o tormento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *